quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Limites da Computação e Singularidade Tecnológica

O fato dos computadores não conseguirem prever o futuro (o final de uma partida de futebol, por exemplo) impede que a singularidade tecnologia aconteça?

Com todo o poder do nosso cérebro nós também não conseguimos prever com certeza o final de um jogo ou para onde está indo o mercado financeiro. E isso é muito bom na verdade, pois se isso fosse possível, o Universo seria completamente determínistico e tudo já estaria traçado de antemão - uma chatice. Não há nada de errado em máquinas que não possam fazer isso agora. Isso não quer dizer que elas não possam ultrapassar nossa capacidade computacional e chegar mais perto de determinar as mais prováveis saídas de um jogo. Ao meu ver isso depende enormemente da ciência do mundo físico que elas tiverem e da capacidade de correlacionar informações. Em fim, ao meu ver, essa limitação que as máquinas tem de computar o futuro de certos fenômenos físicos não as impede de nos ultrapassar como entidade cognitiva e evoluir sem nossa interferência - essa é a definição de singularidade tecnológica  Assim sendo, a singularidade pode acontecer mesmo sem a capacidade de prever o futuro com 100% de certeza!!! E em um futuro distante, quando nossas tecnologias se misturarem ao mundo físico em escalas muito menores que as atuais, talvez elas tenham todas as informações necessárias para prever o futuro muito melhor do que nós. Mas, de fato, para prever o futuro com 100% de certeza seria necessário estar ciente de todo o mundo físico, todo ele. 


Nenhum comentário: